Saiba qual é o melhor headset virtual da atualidade

Sempre que falamos na imersão que um óculos VR pode trazer, temos que pensar também que o áudio é tão importante quanto o vídeo. Então o headset é fundamental, mas será que você sabe qual é o melhor headset virtual da atualidade? Vamos falar sobre isso hoje. 

Com a expansão acelerada do mundo da realidade virtual, cada vez mais tecnologias estão surgindo. Para notar isso, basta olhar os primeiros óculos de realidade virtual e os de hoje em dia.

As primeiras versões pareciam mais com capacetes, todos repletos de fios que deixavam a área em que a pessoa deseja jogar bem bagunçada. 

Hoje ainda existem alguns modelos que levam fio, mas tudo já está bem diferente. A qualidade dos óculos mudou, os controles melhoraram, eles estão mais leves. 

No entanto existe uma coisa que é tão importante quanto a parte da visão, uma que é tão responsável pela imersão com os óculos, quanto o próprio óculos. Estamos falando do áudio e, consequentemente, do headset virtual.

O que é o headset virtual?

Ele é a parte do áudio desses óculos. Não é preciso explicar que um aparelho como esse não pode ser jogado com o áudio vindo da tv, por exemplo. Cada modelo de óculos vem com seu próprio headset virtual, e cada modelo tem um diferente.

Mas o mais curioso de tudo, é que se fizermos uma lista com os melhores óculos VR, e uma outra lista com o melhor headset virtual, as duas listas não vão bater.

Apesar de virem juntas, essas duas ferramentas não são de produção parecida, são tecnologias completamente diferentes, o que permite que uma empresa saiba fabricar um óculos de uma determinada realidade, e o headset virtual não consiga acompanhar.

E claro, o contrário acontece também, com a pessoa tendo um óculos que pode até não ser tão bom, mas o headset virtual é. Mas será que você sabe quais são os melhores? Estamos aqui justamente para responder isso.

headset virtual
Conhecendo os headset virtual. Imagem: Canva Pro.

Pimax Vision 8K X

Vamos começar com tudo com um headset virtual que deve ser o melhor do mercado, e acompanhar, é claro, um óculos robusto e tão bom quanto. Ele é um fone para se usar no pc, e já adiantamos que não é em qualquer pc, afinal, esse não é qualquer óculos.

Ele tem dois displays de 4k, ou seja, um para cada lado da sua visão, e uma taxa de atualização assustadoramente alta. Os fones, é claro, tem uma qualidade intensa, além de cortar o ruído externo para te fazer focar mais no jogo.

Basicamente, o Pimax vem com um headset de jogos de pc de nível profissional, o qual está unido aos óculos. O que devemos lembrar é que se seu pc for fraco, os óculos vão ter problemas.

Você precisa de um PC gamer potente para lidar com os óculos e com os jogos que ele costuma rodar bem, sempre os mais modernos. Um headset virtual muito bom, mas que tem essas necessidades. 

Óculos Quest 2

Agora vamos falar de um fone e um headset virtual um pouco mais acessível que o anterior. Enquanto ele precisava de um pc potente para poder ser aproveitado, o Quest 2 funciona até em celular. E o melhor é que ele também é sem fio.

Outro ponto que torna o Quest 2 único, é o fato dele também não ter sensores externos, todo o rastreamento é manual, o que torna ele 100% portátil e descomplicado. 

Ele pode até não ser os óculos mais potentes do mercado, e o motivo é por ele ser tão móvel e simples, mas por outro lado, não existe nenhuma reclamação sobre seu fone.

Ele é tão imersivo quanto é necessário ser, e vai funcionar perfeitamente com o áudio de qualquer celular. Para muitos, a vontade é pegar o fone do Quest e instalar ele em outros óculos mais modernos. 

No fim, estamos falando de um grande headset virtual que também acompanha um óculos muito útil, um custo benefício ótimo para quem quer começar nesse mundo da realidade virtual. 

headset virtual
Headset Virtual. Imagem: Canva Pro.

HTC Vive Pro 2

Agora vamos falar de um headset virtual que vem junto de um óculos muito potente, um combo de qualidade. Esse modelo traz uma contagem de pixels altíssimas, até de uma taxa de atualização de 120hz. 

Isso sozinho já seria um chamariz para as pessoas comprarem os óculos, mas ele ainda vem com um fone incrível. Esse é outro que precisa de um bom pc para rodar, mas meu amigo, como ele vale a pena quando é colocado a teste!

Esse é, inclusive, um dos melhores óculos e headset virtual para se jogar o vindouro Horizon Call of the Mountain, um jogo da franquia Horizon Zero Dawn completamente em VR.

Rift S

Já falamos de alguns óculos que precisavam ser uma verdadeira máquina para funcionar, e já falamos de outros que podiam rodar até em celular, e agora trazemos o meio termo.

O Rift S não pede uma super máquina, mas pede ao menos um pc decente, e desse pc decente ele é capaz de tirar gráficos impressionantes em seus óculos. 

O que deixa ele mais impressionante, são seus estressores internos, sem sensores de fora, e apesar do fone ter fio, ele é extremamente confortável. Conforto parece ter sido uma das propriedades desse kit.

O som unido ao conforto vai fazer com que você tenha uma experiência imersiva completa, às vezes até esquecendo que está de fone e óculos justamente por serem tão confortáveis. 

Reverb G2

E por fim, vamos falar daquele que deve ser o melhor headset virtual da atualidade. Os óculos que o acompanha podem não ser o mais bonito, mas ele definitivamente se vira bem com sua resolução de 2160 x 2160 em cada olho. 

Esse óculos nasceu da colaboração de duas empresas, a Valve, responsável por jogos como Half Life e Portal, e Microsoft, que dispensa apresentações. As duas juntas trouxeram um headset virtual que realmente está à frente do seu tempo no quesito imersão, principalmente quando falamos sobre áudio.

Rolar para cima