Nome Sujo? 6 Dicas para Limpar o Nome e voltar a ter Crédito!

O nome sujo é um grande fantasma para milhões de brasileiros em tempos de crise. Hoje você vai conhecer 6 dicas para limpar o nome e voltar a ter crédito na praça. Veja Agora!

foto pagina Nome Sujo 6 Dicas para Limpar o Nome e voltar a ter Crédito!

Nome Sujo. Certamente, todos os brasileiros já se depararam alguma vez com esse que é um verdadeiro fantasma na vida financeira. 

Se não todos, certamente a grande maioria das pessoas, em um país que fechou 2018 com uma renda média inferior a 1 salário mínimo para 60% dos trabalhadores.

É um número negativo para o crescimento da economia e que mostra como os brasileiros dependem do nome limpo para consumir, buscando crédito no comércio ou nos bancos.

Basta lembrarmos que casa própria, para a quase totalidade, se traduz em financiamento imobiliário, reformar a residência quase sempre cai no empréstimo bancário e se depende tanto do crédito de capital de giro para abrir um negócio.

Enfim, para viver ou empreender, o brasileiro tem como principal ativo o nome regularizado.

Mas o que acontece quando foi inevitável deixar de pagar uma dívida e você está com nome negativado? Será que somos realmente informados sobre como funciona o processo de negativação?

Para falarmos mais a respeito, preparamos esse artigo sobre Nome Sujo: veja 6 mitos (ou verdades) que ajudam a sair desse problema!

1 – Posso perder uma vaga de emprego se estiver com nome sujo!

Verdade.

Esse tem ainda é muito controverso, mas algumas decisões judiciais recentes deram a empresas o direito de recusar uma candidatura porque a pessoa estava com o nome negativado.

Mesmo com o entendimento de muitos especialistas de que há uma ilegalidade nessa decisão, sabemos que, internamente, muitos empregadores usam esse critério, principalmente nas posições que administram capital – tesouraria e faturamento, por exemplo.

E os concursos públicos?

Podem recusar minha inscrição ou admissão?

Não.

Ao contrário das vagas de emprego privadas, nos concursos públicos, os editais devem definir claramente os critérios de seleção – por exemplo, regularidade eleitoral. E o nome regularizado não é um deles.

Por princípios, a administração pública deve promover a igualdade de acesso sem julgar ou discriminar por aspectos pessoais.

foto 2 artigo sobre nome sujo o que fazer

2 – O banco pode cancelar o cartão de crédito se estiver com nome sujo!

Lenda.

Os estabelecimentos pode apontar a negativação do seu nome para uso ou restrição apenas em operações futuras. Os cartões de crédito ativos são serviços contratados, até o limite de valor definido.

Evidentemente, o banco poderá, futuramente, impor condições mais restritivas para renovar o cartão se perceber que você está sempre atingindo o limite, resolveu parcelar a fatura ou atrasa com frequência.

Então, o que acontecer se meu nome estiver sujo?

Basicamente, os estabelecimentos comerciais e bancários podem:

    • Impedir a abertura de conta corrente;
    • Impedir a contratação de um novo cartão de crédito;
    • Reduzir ou cancelar o limite de cheque especial;
    • Negar parcelamentos em lojas;
    • Recusar a matrícula ou a renovação em universidades.

O que eu tenho direito de fazer se meu nome estiver sujo?

Em termos de acesso a crédito, quase nada pode ser feito se você estiver com o nome negativado, pois a inadimplência é uma informação disponível no SPC, na Serasa e, se for uma dívida bancária, também estará na lista negra dos bancos. (link para artigo 187 156)

Uma forma de comprar parcelado que ainda é usada mas vem perdendo força é o parcelamento com cheques. Porém, é uma forma que depende muito da relação entre o comerciante e o cliente e não é mais usada nas grandes e médias cidades.

E ela só será possível se a pessoa já tiver talões, já que o banco vai recusar a entrega de novos.

Os métodos abaixo são liberados, pois representam operações à vista:

    • Cartões de débito 
    • Cartões de crédito pré-pagos

img

3 – O comércio pode negar crédito mesmo depois de limpar o nome!

Verdade.

A credibilidade do consumidor é uma construção de acordo com o comportamento ao longo dos anos com as dívidas quitadas, atrasadas e negociadas. São diversas informações que pesam para que uma empresa considere você como um pagador confiável.

Uma pessoa com histórico exemplar e uma dívida prescrita pode ter mais dificuldades do que uma pessoa com atrasos recorrentes mas que nunca ultrapassou o prazo de 90 dias – o limite das empresas para começar a cobrança extrajudicial – por exemplo.

O importante é sempre procurar soluções que evitem a inadimplência, como as dicas que falamos no começo desse artigo.  Dessa forma, a sua pontuação – score – nos sistemas de análise vai melhorando.

O Cadastro Positivo é um aliado contra a negativação do nome

Pelos motivos acima, é fundamental usar o Cadastro Positivo (link para artigo 187 157) para acompanhar o seu histórico de pagamentos e pendências. 

Esse cadastro considera também os aspectos positivos e pode se tornar um aliado para evitar que alguma dívida se torne crítica

    • Volume de operações (que também inclui contas domésticas);
    • Pontualidade;
    • Pagamentos antecipados;
    • Inexistência de dívidas prescritas e não quitadas.

Outro motivo para usar o Cadastro Positivo são as fraudes: , se seus documentos forem usados ilicitamente em compras ou empréstimos. Mais um ótimo motivo para monitorar sua vida financeira que é gerada no comércio e nos bancos. 

Caso surja alguma operação ilegal, você deve registrar um Boletim de Ocorrência e usá-lo para acionar o credor e solicitar a exclusão da dívida e de todos os apontes negativos.

4 – Não consigo sair do país se estiver com o nome sujo!

Lenda.

Estar inadimplente – mesmo que com uma ação de cobrança ajuizada – não impede que o passaporte e vistos sejam emitidos. Esses documentos são bloqueados apenas quando a pessoa é considerada ré em ação criminal.

Outros documentos internos também são liberados, como RG, carteira de habilitação, carteira profissional e de classe.

artigo como limpar nome sujo para tirar visto e viajar - foto 3

5 – Depois de cinco anos, a minha dívida deixa de existir!

Verdade e lenda.

Após cinco anos da data de entrada da dívida na lista suja, a dívida sai dos orgãos de controle – SPC e Serasa. Na prática, se você tiver apenas essa dívida, seu nome ficará limpo e provavelmente uma grande parte do mercado voltará a conceder crédito.

Porém – essa é uma lenda conhecida – a dívida continuará existindo na lista negra bancária

E o que isso significa na prática? Que bancos, financeiras e alguns estabelecimentos (que usam essa lista como consulta) podem recusar crédito mesmo para um nome limpo no SPC.

Portanto, é fundamental cuidar das dívidas ao longo do tempo, evitando que prescrevam sem haver pagamento, pois pode vai afetar justamente os pedidos de crédito com os bancos – financiamento imobiliário e automotivo, por exemplo – mesmo com o nome limpo.

Os Feirões Limpa Nome, promovidos pela Serasa Experian, são eventos anuais para aproximar devedores de condições muito especiais de quitação. 

Aproveite!

6 – O credor pode vender a minha dívida!

Verdade.

Esse procedimento é muito comum, especialmente com dívidas com anos de pendência, pois as empresas e bancos preferem vender a dívida com deságio, formar um caixa quase improvável e deixar todo o desgaste com as empresas de cobrança.

Pode ser uma situação desvantajosa para você. As empresas de cobrança visam apenas recuperar valores e não têm o interesse no relacionamento que o mercado – e que faz tantos credores demorarem anos para acionar judicialmente ou vender o débito.

Portanto, o seu poder de negociação pode ser menor com elas, sem contar que muitas usam práticas abusivas (e ilegais) de cobrança.

Mais um motivo para procurar a negociação ainda com o credor original e, quem sabe, retomar a relação de consumo com ela mais rápido do que você imagina!

Como vimos nesse artigo, cuidar do seu nome nos orgãos de controle de crédito é fundamental para que você não seja surpreendido com notícias ruins e, principalmente, com algumas lendas que atrapalham a vida financeira de milhões de pessoas.

E aproveite para organizar sua vida financeira, controlando de perto os seus gastos. Dessa forma, você pode evitar que o Nome Sujo que tanto vai prejudicar o seu dia a dia e os seus sonhos!