Você sabe quais são as funções do satélite artificial? Descubra

Se você é uma pessoa curiosa, já deve ter se perguntado quais são as funções do satélite artificial, e exatamente qual a diferença de um para um satélite natural? E é exatamente disso que vamos falar hoje.

Existem algumas experiências de vida que todos deveriam ter, como por exemplo observar o céu à noite para ver as estrelas. Claro que isso é um privilégio, já que nem todos moram em lugares onde isso é possível.

Quem mora em cidades muito poluídas ou com muitas luzes artificiais acabam não conseguindo ver nada, mas se você já foi para o interior, por exemplo, tem grandes chances de ter se deparado com uma linda noite estrelada.

Mas saiba que nem sempre as luzes que você vê no céu são estrelas, às vezes podem ser coisas criadas por mãos humanas, os satélites.

Quando o primeiro satélite foi lançado aos céus muitas décadas atrás, mal conseguimos imaginar que depois de tanto tempo, a nossa órbita estaria completamente lotada deles. Mas será que você sabe quais são as funções do satélite artificial? Ou você ao menos sabe o porque ele é chamado assim? Vamos falar melhor sobre isso.

O que é um satélite artificial ?

Você pode estar se perguntando o que é um satélite artificial, ou melhor, qual é a grande diferença entre ele e um satélite natural. Para explicar isso temos que deixar claro o que é cada um deles.

A lua, por exemplo, é um satélite natural. Ela é descrita como um corpo celeste que está na órbita do nosso planeta, e assim são todos os satélites naturais, sempre corpos celestes, sempre em volta de algum planeta.

A Terra é um planeta de apenas uma lua, mas existem planetas bem maiores que tem em volta de si diversos satélites. Esses satélites nunca possuem luz própria, sempre refletindo a luz do sol, e geralmente são chamados de lua.

Dessa forma podemos dizer que não temos a lua, mas sim uma lua, já que existem diversas outras por aí.

Dito isso, agora vamos falar dos satélites artificiais. Eles não têm quase nenhuma ligação com o natural, a não ser o fato de estarem orbitando nosso planeta, e aí temos a explicação do porquê do nome, mas as semelhanças acabam por aí.

De certa forma, podemos dizer que os satélites artificiais são equipamentos eletrônicos que são sempre criados por uma civilização, e os motivos e funções deles são diversos. Eles são criados no planeta e então, com o auxílio da ciência, são lançados em órbita, onde ficam cumprindo as suas funções.

Esses satélites sempre estão vazios, sem nenhum tipo de tripulação. Existem casos de satélites que são controlados remotamente, mas essa não é uma regra. E agora que já sabemos o que é, é hora de falar das funções do satélite artificial.

funções do satelite artificial
Satélite artificial. Imagem: Canva Pro.

Quais são as funções do satélite artificial ?

As funções do satélite artificial são muitas, e sempre vão depender do que os seus criadores e lançadores pretendem. No começo, os satélites eram lançados como meio de fomentar pesquisas espaciais. 

Basicamente, as principais funções do satélite artificial eram coletar dados para que os estudos sobre o espaço fossem mais precisos e mais ricos. Porém, a tecnologia desse aparelho foi aumentando cada vez mais, e isso acabou gerando muitas consequências.

Primeiro que fabricar e lançar satélites foi ficando mais prático e barato com o passar dos anos, e com isso mais e mais satélites foram feitos. Mas além disso, novas funções do satélite artificial foram criadas, e ele passou a fazer mais coisas.

Todo mundo já ouviu falar por exemplo dos satélites de TV, isso porque uma das funções do satélite artificial de alguns satélites é ser realmente um distribuidor de sinal.

Essa especificação é importante, muitas pessoas pensam que satélites criam sinal para ser distribuído, e isso não é necessariamente verdade. O sinal de TV muitas vezes é criado na terra, por um satélite terráqueo, que tem como função mandar o sinal para ele, e aí ele distribui para a maior área possível.

Ele está em órbita justamente para ter um alcance gigante na hora de enviar o sinal. Claro que não é a distância que faz tudo, ele precisa ter uma potência bem alta para conseguir mandar o sinal o mais longe possível.

Essa é uma das funções do satélite artificial mais usadas hoje, e que inclusive é parecida com como o sinal de alguns celulares funcionam também. Embora alguns celulares dependem de sinais mais simples, e os celulares com sinal de satélites.

Você já deve ter visto algum em algum filme, onde a pessoa liga para outra com um celular grande, com uma antena. Esse celular é famoso por ter ares em qualquer lugar justamente por receber sinal direto do espaço, de um satélite. 

Dentre as novidades nas funções do satélite artificial, está a internet. Ela geralmente é emitida por ondas de rádio, o que já está ficando defasado, ou então através de cabo, a famosa fibra ótica. 

Mas mesmo essa função se mostra trabalhosa quando a pessoa mora no campo, por exemplo. Por isso estamos começando a dar os primeiros passos na internet via satélite.

A Starlink, empresa do bilionário Elon Musk, vem sendo a pioneira no negócio, e já pode ser comprada. Ela promete internet de qualidade em qualquer lugar do mundo, com uma cena capaz de localizar o satélite mais próximo, e passar a receber o sinal de internet.

O preço não chegou exatamente acessível, no começo passava dos R$500 mensais, isso sem contar o valor da compra do equipamento. No entanto, os preços caíram, e hoje é possível ter planos em R$230 reais, e com R$2 mil reais de preço do equipamento.

Além disso, um satélite também pode gravar vídeos, tirar fotos, enviados em tempo real para bases espaciais, estejam elas na terra ou mesmo para aquelas estações que ficam em órbita. As funções do satélite artificial são muitas, e não parecem que vão parar de evoluir tão cedo.

funções do satelite artificial
Função do satélite artificial. Imagem: Canva Pro.
Rolar para cima