Por que o Google muda as regras do algoritmo?

Quem trabalha neste mundo das otiizações está acostumado com as inúmeras atualizações que ocorrem dentro do buscador, mas afinal de contas, por que o Google muda regularmente as regras do algoritmo, será que isso é uma estratégia da empresa para atrair mais anuncios pagos?

foto artigo Por que o Google muda regularmente as regras do algoritmo?

Como Funciona A Pesquisa Google

Inicialmente, o RankBrain period usado em apenas 15% das buscas aproximadamente, mas o uso cresceu e esta atualização do algoritmo está envolvida em quase todas as questões de busca no Google.

De forma a poder selecionar os resultados mais relevantes, esta atualização do algoritmo leva em conta a interação do usuário com certos tópicos e recursos para cada questão para a qual o usuário fez uma busca.

Os algoritmos do Google são uma série de programas de computador complexos usados para classificar os websites e determinar quais devem constar nas páginas de resultados dos motores de busca.

A meta do algoritmo do Google é disponibilizar uma lista ordenada dos websites mais relevantes para as questões colocadas pelos internautas.

A proposta que o Google pretende entregar com os resultados de pesquisa, é uma experiência relevante para o usuário que faz uma busca.

Por isso, cada atualização do algoritmo do mecanismo, como o atual RankBrain e o BERT, visa entender melhor o actual significado da frase pesquisada para entregar exatamente o que será útil para o usuário.

Antes da atualização de hoje, a última mudança nos algoritmos do Google havia ocorrido em setembro do ano passado, e foi uma mudança considerada como “leve” por webmasters e analistas de web optimization, pois causou pouco impacto nas páginas.

Resta esperar agora alguns dias para saber se a mudança de hoje seguirá a mesma linha ou se irá impactar muita coisa nos resultados das buscas. Ele não é o único algoritmo utilizado, mas é o principal e o mais conhecido do Google.

Por isso, para otimizar seu web site nos motores de busca, é preciso produzir conteúdo de qualidade e com frequência para que os usuários cheguem à sua página e aumentem sua posição no rating deste algoritmo do Google.

Através de um programa chamado Google bot, ele vasculha os milhares de sites existentes, organiza-os em sua base de dados, ranqueia os resultados e exibe aos usuários em milésimos de segundo.

Google só falou sobre esta atualização depois de semanas de rumores incessantes e um “thread” no Twitter cheio de sarcasmo o que, por fim, acabou por levar a atualização a ser nomeada dessa forma.

Search Engine Optimization - geralt / Pixabay
geralt / Pixabay

Mesmo assim, o Google se recusou a compartilhar qualquer especificação sobre qual o alvo desta atualização do algoritmo e, ao invés disso, direcionou os usuários para as Diretrizes para webmaster do Google.

O momento onde o algoritmo do Google passou a ranquear melhor os websites que também eram“cellular friendly”. A intenção aqui period realmente melhorar a experiência de usuários que pesquisavam pelos dispositivos móveis.

Apesar de não ter tido tanto impacto nomomento do lançamento, já que a maioria dos websites já estava preparada para essa atualização, com o tempo ela ganhouainda mais relevância.

Atualização Utiliza Inteligência Artificial para compreender o contexto no qual uma busca é Realizada!

    • Tentamos descobrir se a página contém uma resposta à sua consulta e não apenas repete os termos pesquisados.
    • Por esse motivo, os algoritmos da Pesquisa analisam se as páginas incluem conteúdos relevantes, como imagens ou vídeos de cachorros ou até mesmo uma lista de raças.
    • Ou seja, se o seu web site não é cellular pleasant ele perderá posicionamento e tráfego.
    • Além da correspondência de palavras-chave, os algoritmos procuram pistas para medir o quão bem os possíveis resultados de pesquisa dão aos usuários o que eles estão procurando.
    • Para prevenir casos como este e aprimorar os resultados de pesquisa, o buscador vai implementar o que chamou de Mobile-first Indexing.

A nova ferramenta usa inteligência synthetic para compreender os pedidos do usuário, a partir de uma construção de sentido que leva em conta o contexto de cada palavra e frase. Assim, o buscador pode oferecer resultados mais precisos e focados naquilo que realmente interessa para a pessoa.

A tecnologia já está aplicada nas versões de 70 países, incluindo o Brasil, do serviço de buscas do Google.

RankBrain é um algoritmo tipo aprendizagem de máquina que usa inteligência artificial para interpretar a intenção das questões de busca de forma a determinar quais resultados vão atender melhor às expectativas dos usuários.

A partir daqui, o Google ia pesquisar mais profundamentebaseado na localização. Estima-se que metade dos sites decaíram na SERP, enquanto subiram páginas de pequenos negócios, que ganharam espaço com o web optimization native.

Em seguida, procuramos páginas da Web com informações que correspondam a sua consulta. Quando você faz uma pesquisa, no nível mais básico, nossos algoritmos buscam seus termos de pesquisa no índice para encontrar as páginas apropriadas.

Business Illustration Office Design - DavidRockDesign / Pixabay
DavidRockDesign / Pixabay

Eles analisam com que frequência e onde essas palavras-chave aparecem na página, seja em títulos, cabeçalhos ou no corpo do texto.

Pigeon (pombo, em inglês) é uma atualização do algoritmo do Google lançada em 2014 que passou a beneficiar sobretudo pequenas e médias empresas.

O pombo foi o responsável por conferir maior relevância para buscas locais, como isso o trabalho focado em web optimization para buscas locais se tornou ainda mais importante. O BERT é o novo algoritmo de buscas por trás das pesquisas realizadas por meio do Google.

O Google passou a usarmachine learningpara auxiliar os resultados das pesquisas.

Ele foi umamelhora importantepara a atualização Hummingbird, se tornou mais inteligente e passou a interpretar melhor as consultas dos usuários automaticamente.